29 de mai de 2012

Fala Killjoy: Athy (@pegasusdead)



Olá Killjoys!

Estou estreando como jornalista agora e estou gostando muito da experiência!
Essa semana entrevistei a fofa da Athy! :3

FC: Athy, como e quando você conheceu o My Chemical Romance?

Athy: Eu conheci o MCR através do Itunes, ouvi Welcome To The Black Parade e me apaixonei pela música,
logo pesquisei mais sobre a banda, e me tornei uma grande fã.

FC: O que te levou a fazer parte do nosso time (O FC Look Alive Killjoys) ?

Athy: Sou eu a criadora do We Keep Running MCR, e sabendo que uma army possui bons aliados,
fui atrás de outras equipes como a nossa, e encontrei o FC, formou-se uma
parceria desde então, e o relacionamento com o blog foi ficando cada vez mais intenso,
até que fui chamada para fazer parte da equipe, e aceitei com muita honra!

FC: Muitos killjoys dizem que foram salvos pelo MCR. Com você foi a mesma coisa?

Athy: Sim, antes de conhecer o MCR eu nao tinha muita ligação com a música em geral e nem conhecimento sobre ela,
mas isso mudou. Eu me encantei com as músicas, com os integrantes, com as idéias, as mensagens,
o apoio e tudo mais que a banda sempre apresentou. E houveram certos momentos dos quais não gosto de
me recordar, em que tudo estava desmoronando, e eu queria realmente parar tudo, e dar um ponto final.
E foi com a ajuda do MCR que aos poucos eu superava meus problemas e me tornava mais forte. Hoje eu posso
afirmar com muita convicção que o My Chem salvou a minha vida.

FC: Você tem um blog chamado "We Keep Running". Poderia falar um pouco sobre ele?

Athy: Claro. Como muitos fanclubes, blogs e armys realizadas em nome do MCR, o WKR tem o objetivo de manter
os killjoys atualizados sobre as notícias e novidades sobre este "mundo" da banda. Mas queremos também
que os killjoys estejam cada vez mais unidos, por isso organizamos pesquisas,  promoções, concursos, e estamos
com novos projetos para que haja mais interação com cada um de vocês.

FC: Se pudesse dizer algo para os meninos do MCR, o que seria? :3
Athy: :3 Eu agradeceria eles pelo apoio, pelas músicas maravilhosas, pelas mensagens, por existirem e por serer meus heróis.
Eu diria o quanto me sinto feliz por poder conhecê-los, que e um sonho realizado, e que por mais que eles estejam ausentes,
eles são as pessoas que mais estão presentes no meu coração. E eu amo eles.
FC: Vi que sua música preferida do MCR é Demolition Lovers. O que ela significa para você?
Athy: Acho que todo adolescente passa por uma romance platônico, e  muitas vezes até ilusório, e isso foi o que aconteceu comigo. Esta música sempre
demonstrou exatamente como eu me sinto, sempre tentando dizer o quanto essa pessoa significa para mim, mas nem sempre isso funciona. E apesar de
a música mostrar essa parte muito sentimental, quando eu ouço ela eu me sinto forte, invencível, como se
pudesse fazer qualquer coisa, eu sinto como eles estivessem comigo, acreditando em mim, e me ajudando.

FC: Além de My Chemical Romance, quais bandas você costuma ouvir?

Athy: Eu não tenho muitas outras bandas, pois a estou sempre ouvindo MCR, mas eu também gosto de Mindless Self Indulgence e The Used.

FC: Athy, adorei entrevistá-la! Deixe um recadinho para quem está lendo a entrevista. ;3 Beijos e bem-vinda!

Athy: Obrigada, adorei a entrevista também. E vocês killjoys fiquem ligados no We Keep Running MCR e no FC Look Alive, pois em breve traremos novos projetos incríveis para vocês!! xx Keep Running!


Para acessar o twitter da Athy, só clicar aqui !

Aumenta o Som: Sum 41

            Eai gente? Hoje eu trouxe pro #AumentaOSom uma banda que eu amo? Sum 41 :)
           Pra você que não conhece, Sum 41 é uma banda canadense de pop punk formada em 1996 por 4 adolescentes chamados Deryck Whibley, Steve Jocz, Cone McCaslin e Dave Baksh (mais tarde substituído por Tom Thacker).
O nome da banda é uma abreviação da frase “41 days into the Summer”, porque o grupo foi formado no 41º dia de verão. Apesar da formação da banda ter sido em 1996, só lançaram o primeiro EP em 2000 e o primeiro álbum em 2001, chamado All Killer No Filler. O nome é uma provocação aos artistas que estouram com uma música é depois desaparecem da mídia. No segundo álbum, Does It Look Infected, o Sum experimentou músicas mais pesadas, com batidas mais rápidas. The Hell Song, cujo videoclipe ironiza personagens como Jesus, Marilyn Manson, Metallica e os Osbournes, é um dos destaques do disco.
Muita gente acha que punks não tem coração e tal, mas em 2004 eles participaram da campanha War Child Canada e visitaram a República democrática do Congo, onde foram salvos da guerra por um cara chamado Chuck Pelletier, que foi homenageado no título do álbum Chuck, disco de ouro nos EUA em 6 meses de venda. No ano seguinte, a banda recebeu o prêmio de Melhor disco de Rock do Ano no Juno Awards.
Os próximos 2 álbuns foram Underclass Hero, em 2007 (que seguiu a linha pop punk deles e é ótimo,) e Screaming Bloody Number, o mais recente, onde o estilo ficou mais rock e mais sombrio, com músicas pesadas. Deryck e seus companheiros ainda estão na onda do Screaming, por enquanto já foram lançados 3 dos 4 singles previstos para o álbum.
As letras deles são bem variadas, algumas bonitas, como Pieces e With Me, algumas  engraçadas, como Fat Lip (que também mistura um pouco de Rap), algumas com uma letra mais punk e tal, como The Hell Song. Os clipes em geral me fazem rir, In Too Deep, por exemplo, é a minha preferida, vale a pena ver. Ouça aqui a playlist do Aumenta o Som da banda Sum 41.
Curiosidades:

-Sum 41 era originalmente uma banda cover do NOFX nomeado Kaspir, eles mudaram o nome para Sum 41 em um show em Supernova, 28 de setembro de 1996

- A primeira música que escreveram era chamada de ‘Five-0 Grind’ sobre ser assediado por um guarda de segurança enquanto andava de skate. A segunda canção foi ’I Love Meat.’

            - O vocalista da banda é ex-marido da Avril Lavigne




27 de mai de 2012

Promo DESTROYA MCR - Top 10

Olá,Killjoys.
Aqui está o post, aproveitem !
Sim,estou um pouco fria hoje. :x

TOP 10 
1° Lugar #035
2° Lugar #001
3° Lugar#041
4° Lugar #004
5°  Lugar #029 e #032
6° Lugar #019
7° Lugar #009 e #013
8° Lugar #038
9° Lugar #008
10° Lugar #003

Dúvidas, reclamações, sugestões e elogios: @FCLookAlive
Precisamos muito dos dois últimos ;D


26 de mai de 2012

Game RockSmith com My Chemical Romance



Na última quarta-feira (23) a Rocksmith confirmou via Twitter que na próxima terça-feira (29) será lançado um pacote de músicas do My Chemical Romance. 
Para quem não sabe, Rocksmith é um game musical produzido pela Ubisoft. No game você terá que reproduzir as notas das musicas e de acordo com os seus acertos será dada uma pontuação. A principal diferença desse título para os demais games musicais fica no fato de poder plugar qualquer guitarra e tocar, ou seja, o jogador irá se divertir e aprender a tocar ao mesmo tempo. Rocksmith é compatível com Playstation 3 e Xbox 360.

Destroya MCR- Resultados



Hey killjoys, segue abaixo o resultado da fase 1 da promoção DESTROYA MCR, e o resultado dos três #DESTROYAGAME que ocorreram no @WeKeepRunning_ !!

Resultado Promoção Relâmpago (15/05)

Tarde
1- Quem interpreta o Dr. Death Deafying? (Steve Montano)
2- Ao que se refere Zone 6? 
(Comunidade para killjoys no site oficial)
3- Qual o nome do artista que trabalhou nas fantasias para o Danger Days? (Vasilis Lolos)
4- Qual a ideia que o Danger Days se baseia? 
(guerra nuclear/apocalipse/2018/killjoys/bl ind.)
Vencedora do turno da tarde: 
Killjoy nº #01
Parabéns você ganhou 55 pontos!

As outras killjoys que participaram ganharam 5 pontos, e são as seguintes:
#013  #001  #008  #019  #006  #011  #022  #021  #041


Noite
1- Musica com a palavra "enough".
2- Qual o nome do personagem interpretado por Grant Morrison? (Korse)
3- Qual o nome da antiga banda de Frank Iero? (Pencey Prep)
4- Quem dirige a van que aparece no final do clipe de "Sing"? (Lyn-Z)
Vencedora do turno da tarde: 
Killjoy nº  #041
Parabéns você ganhou 55 pontos!

As outras killjoys que participaram ganharam 5 pontos, e são as seguintes:
#006  #004  #041 #002 #011 #050  #005  #008  #015  

Resultado Promoção Relâmpago (22/05)

Tarde
1- Qual instrumento Ray Toro gostaria de saber tocar? (Bateria)
2-  De acordo com Frank Iero, se ele não fosse musico, qual seria sua profissão? (Chef de cozinha)
3- Qual o nome da banda que Gerard e Mikey Way estavam antes de formarem o MCR? (Ray Gun Jones)
4- Que dia se comemora o MCRday? (23 de julho)
Vencedora do turno da tarde: 
Killjoy nº #041
Parabéns você ganhou 55 pontos!

As outras killjoys que participaram ganharam 5 pontos, e são as seguintes:
#041  #021  #008  #004  #053  #009  #035


Resultado Fase 1- Vencedores

1º lugar
“ #035 - Bem, pra falar a verdade, me identifico com todas as músicas deles, pois cada uma, da sua forma, me toca e trás força. Entretanto, como devo escolher só uma, fico com a Teenagers. Escolhi-a por que uma das coisas que mais valorizo é a autenticidade e o livre arbítrio, e Teenagers me passa isso, pois fala que devemos lutar para não nos tornarmos "outra engrenagem da máquina assassina", ou seja, uma pessoa que veste o que o dita a moda, que fala somente o politicamente correto, que valoriza o "ter" ao invés do "ser", que tem seus pensamentos impregnados por futilidades, que é só mais uma "marionete" vazia e fria.

2º lugar
“ #041 - A música que eu mais me identifico é "Teenagers", porque a música meio que descreve a minha vida, que atualmente e infelizmente está se resumindo em escola. O problema é que todo mundo acha que eu sou "anormal" por não gostar de estudar naquele lugar. Eu estudo no Colégio Militar e tenho que ficar escutando todo mundo falando que é uma ótima oportunidade para o futuro e que eu sou burra por querer sair de lá. O motivo de eu não gostar de estudar nesse lugar é que eles querem que todos mudem, meio que uma "lavagem cerebral". Como a música afirma: Eles vão dar um trato no seu visual, com todas as mentiras nos livros, para fazer de você um cidadão. Eles dizem "todos os adolescentes têm muito medo de mim" Agora aqui estou eu, implorando para me tirarem daquele lugar. Talvez eles te deixem em paz, mas não a mim.

3º lugar
“ #001 – Famous Last Words me traz um tom de conformidade quando cita "Agora eu sei que não posso fazer você ficar", ela nos guia para um novo caminho, um caminho de aceitação com nós mesmos e o que não podemos mudar. Trás á tona o sentimento de falta do ser humano, que por mais que tenha se sente incompleto, e nos lembra que nada nessa vida poderá mudar nosso trágico fim.”


As killjoys que ganharam 50 pontos por participação na fase 1 são:
#001  #003  #004  #006  #007  #008 #011 #012  #015  #018  #021  #022 #027 #029  #032  
#034  #035  #036  #040  #041 #050


Quanto a fase 2, nós sabemos que houveram imprevistos para muitos de vocês e o envio da fase 2 não foi realizado, por isso nós adicionamos mais uma semana para o prazo de envio (dia 1 de junho), então aproveitam esta oportunidade e enviem sua arte!!!


FASE 3

Prazo: Até dia  08 de junho ás 21:00
Pontos por Participação: 50 pontos
Primeiro Lugar: 200 pontos
Segundo Lugar: 150 pontos
Terceiro Lugar: 100 pontos

(Soma-se a participação mais o lugar em que ficou colocado)

Faça o cosplay de algum dos integrantes da banda e envie para o email destroyamychem@live.com e coloque o seu número de inscrição e  "fase 3" no assunto (Ex: #001 Fase 3).  Os 3 melhores cosplays receberão os respectivos pontos de vencedores. Se você tiver alguma dúvida quanto a fase entre em contato conosco através do twitter (@WeKeepRunning_ e @FCLookAlive )



Boa Sorte!!



24 de mai de 2012

Resenha: Unbroken - Demi Lovato

Hey Killjoys!!

Unbroken é terceiro álbum de estúdio da cantora diva Demi Lovato. Trazendo musicas altamente sentimentais e outras completamente dançantes, Demi consegue com este álbum dar a volta por cima e passar por seus problemas mostrando o quão talentosa é e provando que não é apenas uma estrela da Disney.


Like a skyscraper...
Foi assim que Demi deu a volta por cima. Ninguém esperava que a garota que se internou numa clinica reabilitação especializada em jovens se recuperasse de todos os problemas - problemas alimentares, auto mutilação e etc -  e se transformasse em alguém tão forte como ela tem sido ultimamente. Afinal, não é fácil tentar ser maior que seus problemas e se manter forte pra continuar. Demi é um exemplo de superação, isso ficou evidente quando no dia 12 de julho de 2011 o primeiro single Skyscraper foi lançando - do ainda não lançado Unbroken -  alcançando o topo de todas as paradas e encorajando pessoas a lutarem contra seus problemas e continuarem fortes - famoso stay strong.



Unbroken! 
Passada a fase mais sombria da vida de Demi, a garota voltou para o estúdio para prosseguir com a gravação de seu terceiro álbum. Os meses em que passou na clinica de reabilitação á auxiliaram a escrever musicas marcantes, interpreta-las com mais sentimento - musicas como Skyscraper que pasmem, não foi escrita pela Demetria - e deixar as pessoas emocionadas apenas por ouvi-las.
Unbroken, mescla musicas dançantes com baladas sentimentais. Foi um álbum muito bem recepcionado pela critica, apenas dividindo opiniões quantos as musicas dançantes. Critica feita para o site britânico Trash Lounge dizia que as faixas mais fracas ficavam no começo do álbum e que parcerias com Lyaz e Dev eram medíocres as achando desnecessárias.
Isso não abalou a diva e não mudou em nada o sentimento que os lovatics tiveram em relação ao Unbroken.    Uns gostaram, outros nem tanto, mas fazer o que? Não se pode agradar a todos.




Oh Oh Oh Oh Oh ­
A melhor musica de Unbroken sem duvida é My love is like a star que segundo minhas fontes foi escrita para os fãs. Existem outras belas musicas nesse álbum, porém, essa é que teve mais destaque na recepção da critica. Together é sincera e uma musica com multi interpretações, mas eu a vejo como uma conversa sobre as pessoas no mundo todo, sobre o amor estar se perdendo de vez e sobre as pessoas poderem errar. Também é uma das mais lindas do álbum, ficando completa com Jason Derulo cantando junto com a Demi.
Give your heart a break é a minha favorita no álbum todo antes mesmo de ser escolhida como single. Quando ouvi Unbroken pela primeira vez - logo quando foi lançado - via-se um grande potencial nessa musica, mais uma vez não me enganei. Ela linda, com uma melodia mais linda ainda. Além disso, o vídeo é um amor, assistam não irão se arrepender. In real life é tão boa quanto Give your heart a break, com uma batida bem diferenciada do que se costuma ouvir nas musicas da Demi. Ela é bem fofa também.
Fix a heart e for the love of a daughter são as mais emocionantes do álbum. Uma delas fala sobre os problemas da Demi com seu pai e a outra - que já ouvi dizer que também fala sobre isso - fala sobre como as feridas marcam as pessoas e não importa o que acontece você jamais será curado completamente, porém, pode-se fortalecer através disso.
All Night Long, Who's That Boy, Hold Up e Unbroken fazem a parte animada do álbum. Mesmo que você não queira dançar, essas musicas o faram dançar e o animaram. São uma boa pedida para uma festa entre amigos. Lightweight e Mistake são as mais tranquilas, não tendo uma carga emocional forte e nem sendo tão dançante assim. De inicio elas não chamaram a atenção, porém são faixas que merecem atenção, principalmente Mistake por ser o tipo de faixa que se esperava para o Unbroken. Lightweight eu não gostei muito, ela é um tanto enjoativa.

Ouça nosso top cinco Unbroken aqui

Como um todo, Unbroken é um álbum muito bonito e que deve ser escutado até mesmo por pessoas que não gostam de musica pop. Não é mais um álbum pop superficial com letras que não dizem absolutamente nada de produtivo - e sim, eu gosto de pop apesar disso. É sentimental e um encorajamento e tanto. É bem simples se identificar com Unbroken, se apaixonar pelas musicas sinceras e se libertar de todos os medos de errar. Essa é a mensagem de Unbroken, se libertar, ser feliz, ser forte e inquebrável. Aposto que Demi nos passou essa mensagem muito bem!

E ai Killjoys, espero que eu não seja unica admiradora da talentosíssima e linda Demi Lovato. O que acharam?? Comentem seus lindos :)

xoxo Leeh


Gerard Way aparece em um mini-documentário do The All-American Rejects, sobre o Bamboozle festival


Gerard Way faz uma breve aparição no The All-American Rejects "mini-documentário -" no Festival Bamboozle.
Gerard aparecerá apartir do  6:18.



21 de mai de 2012

Aumenta o Som: Mindless Self Indulgence





Hey Killjoys, tudo bem? 
 O #AumentaOSom de hoje é comigo, e eu trouxe o Mindless Self Indulgence!!

Steve, Lyn-Z, Kitty e Jimmy Urine
 Formada em Nova York em 1997, Mindless Self Indulgence, muitas vezes chamado de MSI ou Mindless, a banda possui um estilo remixado incluindo punk rock, eletrônica e industrial. O nome surgiu de um CD solo de Jimmy Urine dos anos 90, "Mindless Self-Indulgence". 

A banda tem 4 álbuns, 2EP, 1 álbum ao vivo e 1 DVD ao vivo.




 O MSI tem um devoto número de fãs, e já abriram para muitas bandas famosas como Linkin Park, SOAD, Korn, Sum 41 e My Chemical Romance, obviamente que muitas bandas também abriram para eles, incluindo My Chemical Romance, The Desdren Dolss, Rasputina, The Birthday Massacre, Tub Ring e Dog Fashion Disco.






                                                                            Kitty, Jimmy Urine, Steve Right? e Lyn-Z            

Kitty, nascida Jennifer Dumm toca bateria no MSI, ela entrou na banda em 1997 como membro permanente. Sua roupa normalmente tem uma carta branca com um "K" (Kityy) pintada na frente.


Jimmy Urine é o nome artístico de James Euringer ( 7 de setembro de 1969), cresceu com seu irmão mais velho, Marcus J. Euringer, o primeiro álbum foi lançado por eles, que mais tarde divergiam o MSI, e ele fez  a maior parte deste, exceto por uma música feita pelo guitarrista Steve, Right?. Ele é casado com Chantal Claret, vocalista da banda Morningwood. Urine fez uma participação no clipe Sing do MCR.


Steve ,Right? é o nome utilizado pelo Steven Montano que toca guitarra no MSI, ele pegou o nome de Steve, Right? quando em um show alguém se aproximou dele e disse "Você é Steve, Right?..." . Ele foi substituído por Rob Kleiner da banda Tub Ring, enquanto foi hospitalizado do fim de 2004 ao início de 2005, causa de uma lesão no quadril. Com o MSI ele ajudou a escrever as duas últimas canções do álbum "Frankenstein Girls Will: Whipstickagostop" e "Z", ambas as quais ele lidera no vocal.
Lyn-Z é o nome artístico de Lindsey Ann Balato, nascida em 22 de maio de 1979, e baixista do MSI. Mudou-se para New York para estudar arte e em 2001 entrou na banda para substituir a baixista Vanessa YT. Ela atualmente trabalha com Hung LIKE Gregory GUERRA, viajando em diversas diversas exposições de artes plásticas. Tem uma filha com o perfeito e maravilhoso Gerard Way, o nome dela é Bandit Lee Way, nasceu na California dia 27 de maio às 14h57.



Para ouvir nosso top 10 do Mindless Self Indulgence, clique aqui.